1 de abr de 2010

Vendo o tempo passar

Gosto muito de poesia, porém não sou poeta, embora traga dentro de mim uma alma semelhante.
Quando escrevo parece que ecoa dentro de meu ser, sons de um poema.
São tão suaves esses sons, que parecem lembranças do que fui, onde eu pintava minha vida com cores brilhantes. O tempo passou, as cores perderam o brilho, como diluídos numa mistura de saudade.
Hoje sou um ser que doa amor e nessa doação me sinto viva.
Amor doado sem esperar recompensa, é amor que só nos faz feliz.
Se ser poeta é escrever com o coração aberto deixando fluir seus sentimentos, talvez eu seja um deles, e ainda não saiba.
Ou nunca serei!!
Quem sabe!!
Autora: Prof. Marinelma

0 comentários:

Postar um comentário

Páginas

Obrigado

Seguidores

Abrindo meu Blog hoje, não vi seu nome. Estou esperando sua visita!

Lais monterio



">

Maukie - the virtual cat

SharkBreak - Online Aquarium