2 de abr de 2010

Homenagem à minha Mãe

Escrito por meu pai, em homenagem a minha mãe Carolina
Duas Contas
Teus olhos azuis, vermelhos estão.
Por que tanto choras?
Fecha estas duas lindas contas.
Um pouco de descanso deves dar.
Tenta, quem sabe, flutuar.
Nas asas do pensamento.
Deixa sair do fundo de teu coração.
As mágoas deste tormento.

Autor: Jorge Kersting

2 comentários:

Ricardo Kersting disse...

Oi Mari
Falar sobre este poema do pai é difícil e ao mesmo tempo desnecessário. Acho que ele disse tudo nas palavras escritas, talvez mais do que tenha dito pessoalmente para a mãe...Mas eu estou feliz por teres colocado este poema em teu blog, também estou triste por não ter a tua coragem..
Beijos.

Janartes disse...

"Para você na Páscoa.
Que a alegria da ressureição
de Cristo esteja em seu
coração hoje e sempre."

Feliz Páscoa ...

Ofereço o meu mimo de páscoa a vc.Bjos e obrigado pela visita .

Postar um comentário

Páginas

Obrigado

Seguidores

Abrindo meu Blog hoje, não vi seu nome. Estou esperando sua visita!

Lais monterio



">

Maukie - the virtual cat

SharkBreak - Online Aquarium