7 de jun de 2012

Saudade

Saudade é o rincho do potro 
ainda pisado dos bastos, 
costeando, aflito o aramado, 
fazendo estrada nos pastos. 

Saudade é parede aberta, 
porteira desmantelada, 
perguntando, pra quem passa, 
pelos donos da morada. 

Saudade é tropa que chega, 
é gado em tropa que sai... 
Saudade, - o inverno que fica, 
e a andorinha que se vai. 



Trechos da poesia  "Saudade" de Ary Verissímo

0 comentários:

Postar um comentário

Páginas

Obrigado

Seguidores

Abrindo meu Blog hoje, não vi seu nome. Estou esperando sua visita!

Lais monterio



">

Maukie - the virtual cat

SharkBreak - Online Aquarium