2 de dez de 2010

Uma lembrança de Natal



A história que vou contar agora, se passou a muitos anos atrás. É uma história de uma menina com seus oito para nove anos.

Ela morava numa casa velha, reformada por seu pai, que alias vivia reformando e aumentando a casa, a medida que a família ia aumentando ele aumentava uma peça. E assim ela vivia, com seus três irmãos.

Era uma família pobre e muito simples, sua mãe era costureira e seu pai fundidor, mas nunca faltou naquela casa alimento para todos.

No Natal o pai e a mãe da menina se esmeravam para dar aos quatro filhos algum brinquedo, mesmo que fabricado pelo pai das crianças, que diga-se de passagem fazia uns brinquedos muito bonitos.

Mas a menina sonhava em ganhar um presente diferente comprado em loja.

E chegou o Natal.

O pai a mãe e os quatro filhos foram passar o Natal na casa de uma tia, que era irmã do pai das crianças. As festas de Natal na casa desta tia eram muito bonitas, muito alegres e iluminadas.

Todos ganhavam muitos presentes, a menina ficou na expectativa na hora em que o Papai Noel começou a entregar os brinquedos.

Pai Noel começou a chamar um por um e foi dando os presentes. Era risos para todos os lados a alegria era geral, e chegou a vez da menina.

Pai Noel a chamou e ela com o coração saindo pela boca foi até ele. Estendeu as pequenas mãos e pegou seu presente. Foi para um canto da sala e abriu, qual não foi sua surpresa quando olhou o pacote e dele saiu uma pequena bolsa de verniz vermelha, ainda com esperanças abriu a pequena bolsa. Ficou muito decepcionada ao ver que dentro dela, só tinha jornais amassados, e pensou, não era isso que eu queria de presente. Com os olhos cheios de lágrimas olhou para seus pais, mas, quando viu aquelas duas pessoas sentadas sentiu um remorso muito grande e chorou, não de tristeza mas sim de amor por seus pais que tudo faziam para que seus filhos fossem felizes. E olhou a pequena bolsa e com carinho a guardou. Era um tempo bem difícil e seus pais lutavam com muitas dificuldades e no entender deles, a bolsa era um lindo presente para a filha que estava crescendo e se tornando uma mocinha e além do mais era o presente que podiam comprar.

Hoje aquela menina entende o sacrifício de seus pais e a grande dificuldade em criar e educar quatro filhos. Ela nuca esqueceu este presente e tenho certeza que guardará para sempre na lembrança a imagem de seus pais ali sentados felizes, pois seus filhos estavam tendo um Feliz Natal.

Quem será esta menina?

E lembrem-se, que o verdadeiro presente para uma criança é o amor de seus pais.

Autora: Prof. Marinelma

1 comentários:

Rosária disse...

Lindo post, adorei a a estória, aproveito pra convida-la a conhece meu cantinho também e a levar nosso premio Blog Inspirador que esta na sala ofereço bjs

Postar um comentário

Páginas

Obrigado

Seguidores

Abrindo meu Blog hoje, não vi seu nome. Estou esperando sua visita!

Lais monterio



">

Maukie - the virtual cat

SharkBreak - Online Aquarium