8 de nov de 2009

Crepúsculo de uma vida


Já li e escrevi que, começamos a envelhecer desde o dia que nascemos.
Mas nunca tinha sentido tão de perto essa realidade somente agora que estou vendo que nossa vida é muito curta.
Hoje olhando o passado vejo o quanto nossa existência é frágil e ao mesmo tempo resistente.
Passamos o tempo todo lutando para continuarmos a viver, agarrados como náufragos a esse corpo que usamos por algum tempo e fragilizados diante do inevitável, que é a velhice.
Quando o crepúsculo de nossa vida vai chegando, tentamos nos agarrar a alguma coisa e o que mais se faz é pegarmos nossa bagagem de recordações e as poucos desenrolando nossas saudades tentando segurá-las o mais tempo possível, com se fosse a última gota de vida.
Todos dizem: “Quero envelhecer com saúde e dignidade!” Será? Todos conseguirão essa maravilha? Eu acho que não, porém devemos lutar até o fim sempre mantendo aquela chama que nos impulsiona e nos mantém vivos.

A Esperança
Autora: Prof. Marinelma

0 comentários:

Postar um comentário

Páginas

Obrigado

Seguidores

Abrindo meu Blog hoje, não vi seu nome. Estou esperando sua visita!

Lais monterio



">

Maukie - the virtual cat

SharkBreak - Online Aquarium