29 de set de 2010

Minha infância


Minha infância, tão distante e tão presente. Tenho saudades de tudo que já a muito tempo se passou, minha casa, meus pais e irmãos. Quero guardar para sempre na minha lembrança a imagem da casa onde me criei, onde cresci e ao decorrer dos anos sonhei. Minha mãe e meu pai já me deixaram. Espero que agora estejam juntos e de onde estiverem peço que continuem a me proteger. meu pai sempre gostou muito de plantas, árvores grandes ou pequenas. Cada vez que passo por uma figueira lembro dele e olhando seus galhos balançarem me parecem que são suas mãos que suavemente as embalam e o som que suas folhas fazem são seus sussurros que em murmurio agradece a Deus o milagre da natureza.

6 de set de 2010


Hoje voltei a escrever, sentia uma enorme confuzão em minha mente parecia que meus pensamentos fugiam e eu não conseguia colocalos em ordem. Estou mais tranquila. Sei que sofrer faz parte de nossas vidas e deveríamos estar preparados para aceitar a perda de seres queridos, porém é muito difícil nos convencer desta realidade.
Quero sempre lembrar de meu pai com muito carinho e saudade, porque sentir saudade é reviver os momentos que passamos juntos é lembrar suas palavras e agradecer a Deus a oportunidade de ter convivido com um ser tão especial. Meu pai era um filósofo e poeta por natureza. Uma de seuas frases que nunca esquecerei:
"Devemos conservar sempre uma luz dentro de nós, amar e respeitar a vida".
Prof. Marinelma

Páginas

Obrigado

Seguidores

Abrindo meu Blog hoje, não vi seu nome. Estou esperando sua visita!

Lais monterio



">

Maukie - the virtual cat

SharkBreak - Online Aquarium